3

 

vês?

 

há dias o céu

não se abre

o tempo é abafado

e os cata-ventos

imóveis

 

nem meu cão

dá notícias

por estas

madrugadas fechadas

 

só a neblina

cinza das noites

de mormaço

e os poucos

carros que

cavam suas

próprias valas

ladram por aqui

 

de rostos fechados

e olhos fechados

é de que são feitos

esses dias

 

vês?

 

consegues olhar

pela janela

embaciada do

meu quarto

e desenhar com

a ponta do dedo

um coração?

 

não

 

porque estás

do lado de fora

e não te importas

ruborizar com a

manhã

 

 

 

Anúncios

3 Respostas to “3”

  1. “só a neblina
    cinza das noites
    de mormaço
    e os poucos
    carros que
    cavam suas
    próprias valas
    ladram por aqui”

    “porque estás
    do lado de fora
    e não te importas
    ruborizar com a
    manhã”

    grandes versos…
    velhinho, a ambientação, entrada pelo começo, muito boa.

    abrasssssssssssssssssssss seba whitman

  2. Absolutamente lindo!

    Eu vejo!

    Beijucas

  3. Muito foda teus versos. Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: